REVISTA BIBLIOT3CA

Leituras Selecionadas do Editor-Chefe J.Filardo

Mesmo um gênio tem que se vender … o notável currículo de Leonardo da Vinci

 

Tradução J. Filardo

Por Marc Cenedella

Antes de ser famoso, antes de pintar a Mona Lisa e a Última Ceia, antes de inventar o helicóptero, antes de desenhar a imagem mais famosa do homem, antes de todas essas coisas, Leonardo da Vinci era um armeiro, um cara de armas, um fabricante de coisas que explodem.

E, assim como você, ele teve que montar um currículo para obter seu próximo trabalho. Assim, em 1482, aos 30 anos, ele escreveu uma carta e uma lista de suas habilidades e a enviou a Ludovico Sforza, il Moro, duque de Milão.

Então, para comemorar o aniversário de Leonardo na próxima sexta-feira, 15 de abril, gostaria de compartilhar seu maravilhoso currículo com vocês e o que podemos aprender com ele:

A tradução desta carta é bastante notável:

“Ilustríssimo Senhor, Tendo agora considerado suficientemente os espécimes de todos aqueles que se proclamam peritos em instrumentos de guerra, e que a invenção e o funcionamento dos ditos instrumentos não são nada diferentes daqueles em uso comum:  Esforçar-me-ei, sem prejuízo de qualquer outra pessoa, em explicar-me a Vossa Excelência, mostrando a vossa Senhoria o meu segredo e depois oferecendo-lhes ao seu melhor prazer e aprovação para trabalhar em momentos oportunos em todas as coisas que, em parte serão brevemente indicadas abaixo.

  1. Eu tenho uma espécie de ponte extremamente leve e forte, adaptada para ser mais facilmente transportada, e com ela você pode perseguir e a qualquer momento fugir do inimigo; e outras, seguras e indestrutíveis pelo fogo e pela batalha, fáceis e convenientes de levantar e colocar. Também métodos de queima e destruição daquelas dos inimigos.
  2. Eu sei como, quando um lugar está sob sítio, tirar a água das trincheiras, e fazer infinitas variedades de pontes, e caminhos e escadas cobertos, e outras máquinas relacionadas a tais expedições.
  3. Se, em razão da altura dos bancos, ou da potência do lugar e de sua posição, for impossível, ao sitiar um lugar, valer-se do plano de bombardeio, tenho métodos para destruir todas as rochas ou outras fortalezas, mesmo se fosse fundadas sobre uma rocha, etc.
  4. Mais uma vez, tenho tipos de morteiros; mais convenientes e fáceis de transportar; e com estes posso atirar pequenas pedras quase parecidas com uma tempestade; e com a fumaça destes causa grande terror ao inimigo, para seu grande detrimento e confusão.
  5. E se a luta deve ser no mar, eu tenho vários tipos de máquinas mais eficientes para ataque e defesa; e embarcações que resistirão ao ataque dos maiores canhões e pólvora e fumos.
  6. Eu tenho meios por minas e caminhos secretos e tortuosos, feitos sem ruído, para alcançar um local designado, mesmo que fosse necessário passar sob uma trincheira ou um rio.
  7. Farei carros cobertos, seguros e inatacáveis, que entrando entre no inimigo com sua artilharia, não há corpo de homens grande o suficiente que eles não os quebrariam. E atrás deles, a infantaria poderia seguir sem ferimentos e sem nenhum obstáculo.
  8. Caso necessário, farei grandes armas, morteiros e artefatos leves de formas finas e úteis, fora do tipo comum.
  9. Onde a operação de bombardeio poderia falhar, eu inventaria catapultas, mangonels, trabocchi e outras máquinas de eficácia maravilhosa e não de uso comum. E, em suma, de acordo com a variedade de casos, posso inventar diversos e infindos meios de ataque e defesa.
  10. Em tempos de paz acredito que posso dar perfeita satisfação e igual a qualquer outro na arquitetura e na composição de edifícios públicos e privados; e em guiar a água de um lugar para outro.
  11. Posso realizar esculturas em mármore, bronze ou argila, e também posso pintar o que quer que seja feito, assim como qualquer outro, seja ele quem for.

Uma vez mais, o cavalo de bronze pode ser feito à mão, que é para a glória imortal e honra eterna do príncipe seu pai de feliz memória, e da ilustre casa de Sforza.

E se qualquer uma das coisas acima mencionadas parecer a alguém impossível ou inviável, eu estou mais preparado para fazer o experimento em seu parque, ou em qualquer lugar que possa agradar a sua excelência.de quem eu me despeço com a maior humildade, etc. ”

Que peça fantástica de marketing pessoal!  Não há nada de sua escrita invertida aqui - essa carta deveria ser lida e persuadir.

Eu sou um pedante sem esperança, então aqui está o que eu acho que podemos aprender com o currículo de Leonardo:

Você notará que ele faz não recita todas as suas realizações passadas. Ele não menciona a pintura do retábulo da Capela de São Bernardo; ele não fornece uma lista de bombas do passado que ele construiu; ele não cita seu emprego anterior no estúdio do artista Andrea di Cione.

Não, ele não faz nenhuma dessas coisas, porque elas seriam sobre as suas realizações, não as  necessidades do Duque.

Em vez disso, ele vende ao seu empregador em perspectiva sobre o que Leonardo pode fazer por ele.

Agora imagine ser o Duque de Milão e receber esta magnífica carta do jovem prodígio de Florença.  Os descritivos específicos pintam uma imagem vívida de máquinas de cerco e bombardeios e morteiros e drenagens de trincheiras e pontes para derrotar o inimigo. Você pode imaginar as cenas que passaram pela cabeça do duque enquanto segurava essa carta em suas mãos e lia as ousadas declarações de capacidade de Leonardo da Vinci.

Que duque renascentista não iria querer “tipos de morteiros; mais conveniente e fácil de transportar; [que] podem atirar pequenas pedras quase parecidas com uma tempestade ”? Soa muito atraente.

E é exatamente isso que seu currículo também precisa fazer.  Não a lista de lavanderia / biografia padrão que fala sobre você, mas a peça de marketing que fala sobre o benefícios para o seu futuro empregador e como você se encaixa em suas necessidades e desejos.

Ladders criou algumas ferramentas gratuitas para REVISAR SEU CURRÍCULO e CONSTRUIR UM CURRÍCULO MAIS PERSUASIVO, mas, em princípio, você também pode fazê-lo, concentrando-se em quantificar e descrever o que pode fazer por seu futuro chefe.

Então, acontece que, mesmo em seu aniversário de 564 anos, esse notável cara Leonardo da Vinci está nos ensinando sobre o futuro.

Que gênio!

 

Publicado em  ROOTING FOR YOU

 

 

Literary Yard

The best words are those unread...

O Ponto Dentro do Círculo

Post Tenebras Lux - Os iniciados “viram a Luz”, e cabe agora a eles iluminar o caminho da humanidade.

Meditations on the Tarot

Plunging in the currents of the Hermetic Tradition

Blog da Dad

Xô, dúvida! Dicas de português pra dar vender e emprestar.

%d blogueiros gostam disto: