REVISTA BIBLIOT3CA

Leituras Selecionadas do Editor-Chefe J.Filardo

Sinopse: Cavaleiros, Monges e Médicos

Título: Cavaleiros, Monges e Médicos

Subtítulo: A Saga dos Cavaleiros da Soberana Militar e Hospitalária Ordem de São João de Jerusalém. Rhodes e Malta.

Autor: Paulo Pinto da Fonseca Filho

Objetivo: Tornar conhecida uma Instituição milenar da fé católica, que sobrevive até a atualidade, sendo ativa e obediente em suas primeiras diretrizes, ou seja, defender a fé e ajudar aos mais necessitados. Sempre ligada a um hospital, esta Ordem cavalheiresca da Idade Média, apresenta uma rica e pujante história. Seu público alvo são os cristãos, principalmente os de fé católica; os amantes da história da Idade Média e suas aventuras de Cavalaria (como a dos Cavaleiros Templários), Idade Moderna e suas alterações no caminhar da humanidade e também aqueles que se interessam pela história contemporânea.

Sumário: Referência a Soberana Militar e Hospitalária Ordem de São João de Jerusalém, Rhodes e Malta, ou simplesmente Ordem de Malta.
A Ordem dos Cavaleiros de São João, iniciou-se em 1099 A.D. na cidade de Jerusalém, procedente de um pequeno hospital mantido pelos comerciantes da cidade italiana de Amalfi e supervisionada por monges beneditinos, também eram conhecidos como Cavaleiros Hospitalários. Seu fundador foi o Beato Gerardo de Sassi. Esta nobre Ordem de Monges Guerreiros, foi oficializada em 15 de fevereiro 1113 pela bula Papal do Pontífice Paschoal II e mantem-se ativa, até os dias de hoje, em sua função de defender a fé e ajudar ao mais necessitado, sendo este o lema da Ordem (Tuittio Fidei et Obsequium Pauperum). Sempre, desde o princípio de sua história, ligada a uma instituição hospitalar, nos dias de hoje, se presta a fornecer auxílio médico, humanitário e benemerência a todos que dela necessitam, em todos os cantos do mundo. Ordem diretamente ligada à Sé Católica, na figura de S.S. o Papa Francisco I. Ela é “um pais sem território” pois hoje seu Palácio Magistral, está localizada na cidade de Roma, na Via Condotti, 68. Tem representações diplomáticas em 105 Países e um observador perpétuo na ONU. Hoje quem a lidera é um inglês, o80º Grão-Mestre da Ordem, Fra. Giacomo Dalla Torre del Tempio  di Sanguinetto. É a Ordem de Cavalaria mais aristocrática do mundo, tanto que para ser candidato ao Grão-Mestrado deve-se apresentar Títulos de nobreza dos quatro costados. Já esteve chefiada por um Ksar russo, após a tomada do arquipélago maltes por Napolaeão Bonaparte, em sua campanha do Egito; dominou a ilha de Rhodes por mais de 300 anos; sobreviveu a extinção da Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo, ou Ordem do Templários; conta em sua história, com diversos Santos e Santas que professaram votos de pobreza, castidade e obediência ao Grão-Mestre desta nobre Ordem. Monges guerreiros, possuem uma história impressionante e digna de ser contada e conhecida do povo brasileiro. Faz parte dos Ritos Maçônicos Ingleses, através do Arco Real
Diferencial: Não há nada publicado sobre este tema em português, apenas algumas referências em livros sobre os Cavaleiros Templários, tanto que me vali de referências bibliográficas, em sua esmagadora maioria, de língua estrangeira. O site oficial desta instituição é : https://www.orderofmalta.int/. Creio que através dele, poderás ter uma ideia da sua grandeza e pujança. Seu original consta,200 páginas do arquivo Word em
Fonte – Verdana e tamanho 12. Disponho de um farto arquivo de imagens, os quais gostaria de inserir parte desta, no miolo da obra.

Publico alvo : Amantes de história em geral e Idade Média em particular; de romances de Cavalaria, Ordens de Cavalaria da Idade Média; Cavaleiros Templários; da Fé Católica; Historia Contemporânea e Politica Mundial, Historia da Cristandade;Diplomacia e Obreiros da Arte Real, em constante busca de conhecimento.

Vendas : Editora Hércules, através de seu site www.editorahercules.com.br., Amazon, sites da Americanas, magazine Luiza, entre outros.

%d blogueiros gostam disto: