Bibliot3ca FERNANDO PESSOA

E-Mail: revista.bibliot3ca@gmail.com – Bibliotecário- J. Filardo

Notícias da India: ‘Nehru, Vivekananda, Tata também eram maçons’

Tradução José Filardo

por KUNAL DUTT

 

Nova Déli, 25 de dezembro: Eles são uma das sociedades  secretas mais antigas do mundo, cujos membros incluíam Motilal Nehru, Vivekananda, JRD Tata, o Rei George VI e George Washington, entre outros. Seus templos e lojas são exemplares de arquitetura grandiosa e seus rituais arcanos inspiraram tanto curiosidade quanto medo. Eles são os Maçons.

A Maçonaria, uma fraternidade esotérica que deve a sua origem no final do século XVI ao XVII na Escócia e Inglaterra chegou à Índia através da companhia das Índias Orientais no início do século XVIII. Eles são conhecidos por seu símbolo mais reconhecível de um Compasso e um Esquadro entrelaçados, encontrado na fachada de todos os Freemason’s Halls.

A Grande Loja da Índia (GLI) é o principal órgão de governo da Maçonaria na Índia. Ela foi oficialmente constituída em 24 de novembro de 1961 e comemorou seu Jubileu de Ouro no ano passado. Antes do estabelecimento da sua própria ordem, havia três delegações da Grande Loja  da Escócia, Grande Loja da Irlanda e Grande Loja da Inglaterra.

“Nossa primeira loja foi uma loja militar estabelecida por EIC em 1730. Depois que os britânicos retornaram à Inglaterra, após a independência, a loja sobrevivente mais antiga, hoje, na Índia é a Calcutá Freemason’s Hall, conhecida como “A estrela no Oriente”, Ambarish Singh Roy, um maçom e Grande Secretário Regional Assistente, da Grande Loja Redional da Índia Oriental declararam ao PTI.

A fraternidade é organizada administrativamente em Grandes Lojas independentes, ou algumas vezes Orientes, cada qual governando sua própria jurisdição, que consiste em lojas subordinadas ou filhas. As Grandes Lojas são corpos independentes e soberanos que regem a Maçonaria em um determinado país, estado ou área geográfica (denominada jurisdição).

Popularizada pelos  best-sellers de Dan Brown, como ‘O código da Vinci’, a sociedade dos maçons comanda uma associação global de mais de 6 milhões, e seu número na Índia só está crescendo. Seus rituais secretos e elaborados envolvem um piso de tabuleiro de xadrez e suas lojas são comandadas  por grãos-mestres.

O primeiro presidente da Índia, Rajendra Prasad; o primeiro Vice-Presidente S Radhakrishnan, Sir Phirozeshah Mehta, C Rajagopalachari, Sir Jamsetjee Jeejeebhoy, o Nawab de Pataudi Mansur Ali Khan, Maharaja Jivaji Rao Scindia, entre outros indianos eminentes também eram maçons, de acordo com informações sobre  a Grande Loja Regional do norte da Índia.

Ambarish e outros maçons de todo o mundo participaram de sua 12ª Conferência Mundial e 51º Grande Festival da Índia organizado recentemente no sul da Índia.

A Conferência de dois dias em Mahabalipuram trouxe cerca de 37 grãos-mestres de suas respectivas grandes lojas e teve como  “O papel da Maçonaria na Manutenção da Paz Universal”.

A conferência foi seguida por um grande Festival em Chennai, que terminou com a posse formal do novo Grão-mestre da Grande loja da Índia.

“O VM Ir.´. Vasudev Masurekar recebeu o cargo de próximo Grão-Mestre do MW Ir.´. Capt. Dr. B B Balaram Biswakumar em uma cerimônia formal realizada durante o festival”, declarou B Kamokoti, grande Secretário  à PTI durante uma entrevista telefônica.

Os maçons do mundo inteiro, contudo, não operam sob um corpo único e eles reconhecem e deixam de reconhecer uns aos outros. Cada país tem uma Grande Loja central que é administrada por um Grão-Mestre eleito a cada três anos.

“Na conferência, foram convidadas apenas essas Lojas  que estão em ‘amizade umas com as outras’, o que significa aquelas que se reconhecem. Além disso, durante uma conferência mundial só os grãos-mestres (GMs) estão autorizados a falar ou a apresentar comunicações” acrescentou Kamokoti.

O grande Secretário afirmou que agora com tanta literatura e cinema baseado em ou apresentando a Maçonaria, quaisquer mitos que foram associados a ela devem ter sido dissipados.

“Eu acredito que qualquer mitos que as pessoas tinham associado com a Maçonaria foram desfeitos agora com tantos livros e filmes tendo sido publicados, e sinto-me muito triste por aqueles que dizem que não sabem ou jamais ouviram falar disso”, acrescentou Kamokoti.

Bem, apesar de sua presença com edifícios arquitetonicamente impressionantes tendo o Esquadro e o Compasso em quase todas as grandes cidades na Índia, Maçonaria ainda continua a ser um termo um pouco esotérico e mítico. Mas, seus membros dizem, eles passam por eles quase todos os dias ainda que sem o saber.

“O icônico Rashtrapati Bhavan (Casa do Vice-rei) tem assinaturas maçônicas, assim como muitos reis britânicos eram maçons. Na verdade, o plano da criação da capital Nova Déli tem Maçonaria embutida nele.

Até mesmo, o Jantar Mantar tem elementos maçônicos. Nós conseguimos ver, um leigo não”, acrescentou Roy que disse que a Maçonaria envolve também uma série de estudos sobre astronomia.

Perguntado se a Maçonaria está presente no Paquistão, a Grande Loja da Índia informou que ela existia antes de ser dissolvida pelo ex-primeiro-ministro Zulfikar Ali Bhutto e o ex-presidente Zia-ul Haq.

“Tivemos Maçonaria no Paquistão, mas ela foi dissolvida durante o reinado de Zulfikar Ali Bhutto e Zia-ul Haq e agora aqueles edificios estão sendo usados como bangalôs do governo e agências de correio, entre outros,” Roy acrescentou.

“O Goshamal Baradari em Hyderabad, construído em 1682 pelo Sultão Abul Hassan Tanasha, é o edifício mais antigo, usado como um Templo Maçônico na Índia. Ele foi doado à fraternidade em 1872 peço Nizam de Hyderabad”disse Roy  expondo sobre o patrimônio arquitetônico da Maçonaria na Índia.

Os organizadores acreditavam que a Maçonaria só subiria na popularidade a partir daqui e citou o exemplo do “renascimento da Grande Loja Regional Patna, adormecida por muito tempo, e  que teve sua Assembleia Anual neste mes de janeiro” e agora está visando a Loja Ranchi.

A conferência mundial também marcou um feito exclusivo para a Índia como o único país a ter sido autorizado, até agora, a hospedá-lo duas vezes, depois de ser dado o assentimento para a edição de 2002 em Nova Deli. A próxima edição está prevista para ser realizada pela Romênia em 2014.

Publicado em: http://www.greaterkashmir.com/news/2012/Dec/26/-nehru-vivekananda-tata-were-also-freemasons–11.asp

 

5 comentários em “Notícias da India: ‘Nehru, Vivekananda, Tata também eram maçons’

  1. Boa tarde. Preciso do contato(telefone, endereço)da grande loja maçônica da Índia em Nova Delhy. Muito obrigado

  2. وأود إن أمكن أخ توفر بعض الإلكتروني حتى أستطيع أن تجعل الاتصال

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: