Tradução: José Filardo

Por Roger Dachez –

Só para nos divertirmos um pouco em nossas férias – às vezes intelectualmente maçantes – aqui está um pouco de informação de verão sobre a Maçonaria inglesa que provoca reflexão: o culto anual na Catedral (Anglicana!) de Gloucester, tendo reunido no dia 5 de junho próximo passado, várias centenas de irmãos da região, acolhendo om grande alarde o seu Grão-Mestre, o inoxidável Duque de Kent.

O primo da Rainha, Grão Mestre desde 1967 – e reeleito a cada ano desde então – acompanhado do Lord Lugar Tenente de Gloucestershire, Dame Janet Trotter, e dignitários locais da Grande Loja Provincial e vários vereadores – maçons ou não.

Não se pode realmente entender a Maçonaria inglesa, britânica em geral – nem entender o que poderia ser a Maçonaria das origens- se não nos dermos conta até que ponto a instituição maçônica está profundamente ligada aos usos e costumes ingleses em todas as áreas. Não só em um nível puramente formal ou administrativa, mas pela mentalidade, eu quase diria, a imagem do mundo…

Leia mais: https://bibliot3ca.wordpress.com/um-cartao-postal-da-inglaterra/