As Divulgações mencionadas aqui estão disponíveis na Amazon.com  EM PORTUGUÊS

Blog O PRUMO DE HIRAM

 

Steven C. Bullock, professor de história no Instituto Politécnico de Worcester em Massachussets (EUA) e autor do livro “Revolutionary Brotherhood: Freemasonry and the Transformation of the American Social Order, 1730-1840”, qualifica a exposição de rituais maçônicos como “o mais importante gênero antimaçônico”. Embora tenha sido esta a intenção, temos que considerar a importância destes documentos históricos para o conhecimento maçônico atual e a possibilidade de pesquisas através deles.

O primeiro ritual exposto como um livro, chamado “A Maçonaria Dissecada” (Masonry Dissected) por Samuel Prichard, publicado em 1730.

Esse livro, a divulgação, é um documento de grande importância para historiadores, pois fornece as primeiras descrições do grau de Mestre Maçom, e para eles essa documentação é inestimável. No entanto, para um maçom, a ideia de uma divulgação de seus rituais era de se preocupar e foi tomado como uma traição de sua confiança.

Mas e se esses historiadores, além de o serem, também forem maçons?

Arturo de Hoyos, um historiador e maçom, em seu livro “Light on Masonry: The History and Rituals of America’s Most Important Masonic Exposed”, escreve: “O grande segredo de historiadores maçônicos é que muitos de nós se apaixonam por divulgações. Como em outros assuntos do coração, isso é excitante, mas também pode se tornar um relacionamento de amor e ódio. Por um lado, sabemos que o resultado de traição, pode ser desconfiança, mas por outro lado, nos apresenta a possibilidade de uma autenticidade que pode nos ensinar muito sobre a evolução dos rituais maçônicos”. Em outras palavras, embora seja o resultado de uma traição, se usado com cuidado pelos historiadores, pode traçar algumas das mudanças e desenvolvimentos dos rituais maçônicos.

The Three Distincts Knocks (As Três Batidas Distintas), é uma das descobertas mais importantes da tradição maçônica inglesa.

Uma divulgação é um texto destinado ao público em geral. Isso deve ser entendido em oposição a outros documentos maçônicos ou referentes à Maçonaria, que são documentos particulares.

O estudo das divulgações e a sua recepção, são recentes. Os primeiros pesquisadores interessados, há mais de meio século, inicialmente os consideraram duvidosos e pouco confiáveis ​​em termos da veracidade de seu conteúdo.

 

Continuar a leitura em  O PRUMO DE HIRAM