Tradução José Filardo

Poucos dos políticos que tão descaradamente proclamam os benefícios dos drones têm a menor ideia de como eles realmente funcionam (e não funcionam).

Por Heather LinebaughThe Guardian

Um drone Elbit Systems Hermes 450. Foto: AFP / Getty Images

Sempre que leio comentários de políticos defendendo o programa Unmanned Aerial Vehicle Predator and Reaper – vulgarmente chamados drones – eu gostaria de poder fazer-lhes algumas perguntas. Eu começaria com: “Quantas mulheres e crianças você já viu incinerados por um míssil Hellfire?” E: “Quantos homens você já viu rastejando através de um campo, tentando chegar até o edifício mais próximo para obter ajuda enquanto sangra de pernas decepadas” Ou ainda mais incisivamente: “Quantos soldados você já viu morrer ao lado de uma estrada no Afeganistão porque os nossos UAVs [drones] sempre tão precisos não foram capazes de detectar um IED [dispositivo explosivo improvisado] que aguardava seu comboio? “

Leia mais: https://bibliot3ca.wordpress.com/eu-trabalhei-no-programa-americano-de-drones-o-publico-deve-saber-o-que-realmente-esta-acontecendo/