A Maçonaria Mista é inevitável ?

Contribuição do Ir.’. José Maria B. Batalla
Loja Fernando Pessoa, 4001
GOSP/GOB – RM – São Paulo

Tradução J. Filardo

Por Solange Sudarskis 

 

Ir.’. Maria Deraismes do Droit-Humain

O que se pode ver?                                                             

Basta, portanto, passar diante de uma escola ou colégio na hora da saída. Os jovens se atropelam, meninos e meninas misturados, mais apressados uns que outros ao passar pela porta e se reencontrar fora. A escola nos oferece seu fluxo da diversidade; diversidade social, étnica, cultural e, naturalmente, de gênero (sem mistura de idade e por uma boa razão). Depois, gradualmente formam-se grupos de fofocas, de amizade. O movimento se organiza por grupos de afinidade, onde se observa a separação de gênero, as meninas e meninos juntos, mas separados, formando pequenos bandos unisex, alguns namorados, embora testemunhas de uma proximidade mista ao redor deles, amiguinhos e amiguinhas. Com sua liberdade, a juventude se agrupa; os clãs se formam rompendo a diversidade do interior da escola.

Os professores saem um pouco mais tarde, a maioria são mulheres.

Vamos agora a um lugar da competição esportiva. Oh, mas as equipes participantes são exclusivamente masculinas ou femininas! Nada de diversidade no campo (exceto no tênis de duplas mistas). Os espectadores são em sua maioria homens.

Aqui estão dois exemplos das muitas questões que podem surgir sobre o tema da diversidade de gêneros.

O que precisa ser entendido por diversidade de gênero?

Em uma sociedade, a diversidade de gênero traz à mente imediatamente a noção de mistura com base em diferentes critérios: gênero, nível social, cultura, etnia, religião (ou não), associação a um compromisso político, nacionalidade …

No alvo de uma reflexão sobre este tema na Maçonaria, nos ateremos a somente um critério controverso, que é o do gênero.

 

Continue a leitura em:  LOJAS MISTAS SERÃO UMA REALIDADE NA MAÇONARIA?  QUANDO?

 

Inclua na sua biblioteca:

enfngmjbjocpflal

Livro essencial na biblioteca do maçom estudioso. Pode ser adquirido em papel ou eletrônico no site da Amazon.com

The URI to TrackBack this entry is: https://bibliot3ca.com/2017/12/23/a-mistura-de-generos-e-inevitavel-na-maconaria/trackback/

RSS feed for comments on this post.

3 ComentáriosDeixe um comentário

  1. A quem interessa uma nova cisão na Maçonaria?

  2. Evidentemente, a normatização básica da Maçonaria – Constituições de Anderson e depois a sua condensação por Mackey – foram escritas há quase trezentos anos. O mundo mudou muito. Suponho que partindo da premissa da igualdade de direitos e deveres para homens e mulheres, todos integrantes do GÊNERO HUMANO, mais hoje mais amanhã o sexo feminino será aceito nas Lojas Macônicas, legal e universalmente. Mas meu caro Irmão, por quem, apesar de não nos conhecermos pessoalmente, tenho o maior respeito, por favor não embarque nessa de confundir SEXO com GÊNERO. O género humano, assim como o gênero dos irracionais, nascem com as características de macho ou de fêmea, masculino e feminino não é e nunca foi GÊNERO é SEXO. Mas como obedeço a uma obediência, ou potência seria mais adequado que não admite mulheres, sigo obedecendo o que preconiza a Constituição de Anderson: “homens livres e de bons costumes”. Com o maior respeito e consideração.

    • Brother Esdras,

      Poderíamos ter usado a palavra SEXO. Não o fizemos propositalmente. SEXO é bem definido: Masculino ou Feminino.
      Gênero é mais geral e a posição liberal em Maçonaria pretende que se possa iniciar homens, mulheres e aqueles individuos que “nasceram no corpo errado”.
      Não há porque restringir esse acesso a nenhuma categoria do gênero humano.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: