Por K. Wilson-Slack

Tradução J. Filardo

 

 

 

Eu tenho que dizer: eu amo os Grupos de Estudo da minha Loja.  Eles trazem todos os tipos de assuntos interessantes em relação a todos os aspectos da vida e, mais particularmente, da vida como maçom. Recentemente, discutimos como o Ego afeta nossas vidas, e qual é o nosso trabalho particular enquanto Maçons em relação ao Ego. Essas sessões de estudo me dão a oportunidade de explorar não apenas minhas próprias experiências com o tema, mas também o que penso sobre ele objetivamente – formar uma opinião, bem como ser capaz de articular essa opinião.  Como todos nós temos um Ego, é fácil ter experiências com ele.  O mais difícil é formar opiniões objetivas. Afinal, o Ego não está envolvido na formação dessas opiniões?

Leia mais em EGO E O MAÇOM