Tradução José Filardo

Por Guy Chassagnard

 

Elias Ashmole

Em sua condição era antiquário, astrólogo, alquimista e até mesmo médico, Elias Ashmole é muitas vezes considerado como tendo sido o primeiro maçom aceito conhecido; aceito porque tendo sido iniciado mesmo não sendo, por ofício um construtor. Puro engano. O que não impede, de modo algum, de continuar a ser um caso interessante para o maçom de hoje.

Elias Ashmole poderia ter sido apenas um seleiro como seu pai ou um negociante de tecidos como seu avô materno. Elias Ashmole podia ser apenas um advogado, como ele foi por alguns anos em Londres. Elias Ashmole poderia ter sido apenas um cobrador de impostos em Oxford, ou um oficial da artilharia de Sua Magestade Carlos I, antes de sua decapitação em 1649. Elias Ashmole teria sido apenas um astrólogo, um alquimista, um escritor, um antiquário ávido por diferentes coleções.

Continue a ler em https://bibliot3ca.wordpress.com/quem-foi-esse-antiquario-chamado-elias-ashmole/