Não é só por aqui que erros de escolha são cometidos e maçãs podres passam pela peneira… ou que irmãos de reputação não muito ilibada galgam postos importantes na hierarquia, para desprestígio da Ordem e desincentivo à adesão.

Na França e na Bélgica também. E um caso em particular está manchando a imagem da maçonaria.

É o caso do Dominique Strauss Khan, ex-diretor do FMI.

https://bibliot3ca.wordpress.com/caso-carlton-lille-dsk-putas-e-macons/